Spread: O que é, o que significa para você e como evitar seus altos custos

A diferença entre as taxas de compra e de venda é o spread. O spread existe em indústrias como as bolsas de valores, câmbio de moedas e outros mercados financeiros. Um exemplo simples de spread é a diferença entre o preço de compra e de venda no câmbio monetário. Por exemplo, para comprar um Euro você terá que gastar 1.16 dólares mas ao vender um euro você recebe apenas 1.10. Isso significa que o spread é 0.06 dólares ou 5.3%.

O preço médio de mercado neste caso seria 1.13 dólares; isso também pode ser chamado da taxa real (comercial) de conversão monetária. Apesar dele ser muitas vezes expressado em porcentagem, o spread é ainda assim parte da contabilidade financeira e do custo de fazer negócios. Sua empresa pode evitar gastar desnecessariamente com spread bancário evitando um banco tradicional na hora de realizar remessas internacionais e optar por uma conta bancária virtual na Europa com a B2B Pay.

O que significa spread? Spread é a diferença entre o lado da compra e o lado da venda. O Spread é comum nos mercados de ações, monetários e outros. Um exemplo de spread comum é o encontrado por pessoas em aeroportos internacionais quando bancos instalam modestas casas de câmbio. Nestas casas o spread é altíssimo para moedas menos comuns.

Um exemplo

Aqui você tem acesso a uma lista de preços de compra e venda do KIP Laosiano. Do dólar o spread é de 2.65%, do euro é apenas 2.2% que são taxas boas. Mas o spread do Won coreano é de 40% e do peso filipino ele sobe para estratosféricos 47%! É claramente mais vantajoso realizar o câmbio de pesos para dólares ou euros depois que chegar as Filipinas.

Exemplo de spread monetário

Imagem (c) 2011 Nick Hubbard

Aqui está o código em Python para calcular isso:

spread = lambda a,b: 2.0 * abs(a-b) / (a+b)
spread(30.55, 29.75)
spread(49.27, 47.85)
spread(0.022, 0.033)
spread(.76, .47)
            

Cálculo de spread em Python

Quando realiza-se câmbio monetário o que você quer ver é um spread baixo, ou seja, o ideal é quando a diferença entre o preço de compra e venda é baixa. Se você notar que a diferença é grande pode ser vantajoso pesquisar por melhores preços ou até mesmo sacar dinheiro direto da máquina - se você sabe que a taxa será melhor que certamente será o caso se você tem won coreano dentro do Laos. Mas se você tiver em mãos euros ou dólares é provavelmente mais barato trocar dinheiro vivo.

Como o spread afeta exportadores B2B?

Pequenos e médios empresários que lidam com clientes estrangeiros (incluindo exportadores) geralmente não tem controle sobre como seus recebimentos cairão em suas contas. No caso da exportação do Brasil para a Europa é o importador na grande maioria dos casos vai ao seu banco para iniciar o pagamento. Vão falar que a taxa será entre 50 e 100 reais. Se perguntar o banco dirá que não existem custos adicionais. Mas se investigar isso a fundo, você vai ver que a diferença entre a taxa média de mercado e a taxa de compra para Reais será de pelo menos 3% e muitas vezes até 6%.

Estes custos quem paga é o exportador brasileiro já que as faturas e contratos são invariavelmente em euros ou dólares.

Há formas bem mais econômicas do que transferências bancárias via bancos tradicionais mas isso requer que o importador troque sua forma de trabalhar.

Liquidez e Seu Efeito na Spread

A liquidez de um par de moedas é o fator decisivo do spread monetário. Liquidez no mercado de câmbio refere-se ao grau no qual uma moeda pode ser rapidamente comprada ou vendida no mercado sem afetar o preço de mercado atual.

Quanto maior a liquidez entre um par de moedas, mais fácil será executar a transferência de grandes quantidades de uma moeda para outra sem afetar o preço de mercado, e portanto menor será o spread. Por outro lado, quanto menor a liquidez entre um par, mais difícil é o câmbio de grandes volumes sem fazer com que os preços de mercado piorem para você (Portanto, a spread será maior e ficará mais caro para executar o câmbio).


Pares de moedas com maior liquidez

Os pares de moedas com maior liquidez ou seja as com o maior volume de transações (classificadas por volume diário de transações) são o EUR/USD, USD/JPY, GBP/USD and USD/CHF. Estes pares são conhecidos como “as grandes” ou as "majors".

Outros pares considerados majors são o AUD/USD, USD/CAD e NZD/USD. No caso destas três, estes são referidos como “pares de moedas commodity” pois estes são os pares de moedas de economias dirigidas pelo mercado de commodities.

Os sete pares acima constituem 85% de todo o mercado de câmbio monetário mundial.

Dentro dos 15% restantes estão moedas como o Rand Sul Africano (ZAR), o peso Mexicano, (MXN), o rublo Russo (RUB), a coroa Sueca (SEK) e a coroa Norueguesa (NOK) e as moedas asiáticas como o yuan Chinês (CNY), o dólar de Hong Kong (KHD), o won Sul Coreano (KRW), o dólar de Singapura (SGD) e a rupia Indiana (INR).

Como estas moedas tem liquidez substancialmente menor que as grandes e as moedas de comércio de commodities, elas tem spread bem maiores. Então é bem mais caro realizar transações com elas especialmente se você troca entre elas, os chamados pares secundários.

Os pares secundários são pares que não incluem o dólar americano. Um exemplo disso é o câmbio entre EUR/GBP, EUR/CHF ou EUR/INR. O spread entre pares secundários são geralmente maiores porque eles não incluem a moeda com maior liquidez do mundo que é o dólar americano.

Portanto, se seu negócio opera transnacionalmente com países que tem moedas de baixa liquidez, é vital que você encontre a solução de pagamentos melhor otimizada para reduzir os custos de transferências monetárias internacionais.

Qual é a solução?

Com a B2B Pay sua empresa recebe um código IBAN europeu individual. Assim o seu cliente/importador na Europa pode realizar uma simples transação SEPA para sua conta Europeia sem maiores problemas. Assim que o dinheiro chega, normalmente 24h depois, a B2B Pay o notifica e envia o dinheiro para sua conta local pelas melhores taxas de mercado. Para o Brasil a taxa é de 1%.

Se você gostaria de maiores informações, deixe o seu número abaixo e entraremos em contato no horário determinado.

  • Barclays
  • Techstars
  • Nestholma
  • Nordea
  • Tekes
banco virtual

Para soluções personalizadas,
nos envie um email:

Entre em contato

Join the 10 thousand plus businesses already with B2B Pay.

You will be added to a waiting list. We apologize for the inconvenience! We are switching suppliers with the goal of starting onboarding new clients in October.