Moedas livremente conversíveis

Você está aqui

Uma moeda conversível ou uma moeda livremente conversível é uma moeda que não sofre qualquer tipo de restrição de câmbio. Cada moeda livremente conversível pode ser facilmente trocada por ouro ou por qualquer outro tipo de moeda. Algumas moedas mundiais têm o status de moedas totalmente conversíveis, como o Dólar Americano e o Euro. Para outras moedas, a conversão é restrita, regulando a entrada e saída da moeda do país. Isso torna difícil para um país participar de um mercado global, pois leva mais tempo para pagar as mercadorias com a moeda que o país emite. Em 2020, existem 17 moedas totalmente conversíveis em todo o mundo. Vamos dar uma olhada no comércio e nas finanças dessas moedas.

Moedas conversíveis e suas vantagens

As moedas conversíveis são ótimas para os países, visto que são mais fáceis de comprar e de vender. Ser capaz de negociar em uma moeda totalmente conversível faz com que haja uma economia de tempo e de custo. Como resultado, muitas vezes a situação econômica de um país depende se sua moeda é livremente conversível ou não. Os países que não contam com esse tipo de moeda, as transações custam mais caro e levam mais tempo, dificultando assim a participação no comércio internacional.

The Euro is a prime example of a fully convertible currency

A cada ano, o IMF participa de negociações a respeito do Artigo IV com bancos centrais e governos de todo mundo para determinar se a moeda é conversível ou não. Além disso, algumas moedas podem ser desregulamentadas pelo banco central e convertidas pelo IMF, mas nenhuma instituição bancária global vai querer se envolver com isso (por exemplo, o peso colombiano).

Lista de moedas livremente conversíveis

Esta não é uma lista normativa, uma vez que várias instituições têm diferentes definições sobre moedas totalmente conversíveis

  • Dólar australiano
  • Dinar baremita
  • Dólar canadiano
  • Coroa dinamarquesa
  • Euro
  • Dólar de Hong Kong
  • Xelim queniano
  • Dinar kuwaitiano
  • Dólar neozelandês
  • Coroa norueguesa
  • Libra esterlina britânica
  • Dólar singapuriano
  • Rand sul-africano
  • Rial saudita
  • Coroa sueca
  • Franco suíço
  • Dirham dos Emirados Árabes Unidos
  • Dólar Americano

Conversão de moedas

Restrições no câmbio de moedas

Alguns países proíbem o câmbio livremente de suas moedas acima de um valor específico (por exemplo, o peso cubano e o won norte-coreano). Nesse caso, o único lugar para fazer o câmbio dessas moedas sem restrições é no mercado negro.


Restrições parciais

A Rupia indiana é uma moeda parcialmente conversível. A Índia impôs restrições ao comércio da rupia. Isso geralmente faz com que as taxas de câmbio sejam ruins ao transferir dinheiro para dentro e para fora da Índia. Em nossa experiência, essas taxas (em sua maioria ocultas) podem somar até 10% na faixa de €2.000. Como essas restrições se aplicam na vida real? Por exemplo, qualquer pessoa que queira comprar bens fora do país acima de uma certa quantia, ou qualquer pessoa que planeje investir na Índia mais do que uma quantia predefinida de dinheiro, precisa de permissão do estado para fazer isso. O status também significa que a moeda não está sujeita à taxa de câmbio do mercado, e seu valor está sujeito a intervenções regulatórias, evitando que se torne instável. Alguns países decidem afrouxar suas restrições a certos tipos de transferências, por exemplo, remessas. Por um lado, ingressar no clube das moedas livremente conversíveis significaria que a Rupia indiana é uma moeda madura, capaz de operar no mercado livre. Também melhoraria o fluxo financeiro, abriria novas oportunidades de investimento, atrairia empresas e parceiros e daria à Índia acesso a empréstimos preferíveis com taxas de juros mais baixas. Os cidadãos indianos poderiam facilmente investir e trabalhar no exterior.


Moedas não conversíveis e NFD

Um NFD em moedas não conversíveis pode ser usado para tentar amenizar o risco de instabilidade da moeda. Este contrato permite que os parceiros decidam sobre os lucros ou perdas em relação a contratos futuros antes que um contrato possa expirar. Esses acordos ocorrem em até 2 dias antes do vencimento desses contratos. O NFD permite que quem utiliza moedas não conversíveis participe do mercado internacional. Enquanto isso, moedas não conversíveis não podem ser negociadas no mercado de câmbio. Os países que emitem essas moedas bloqueiam o fluxo de seu dinheiro para evitar uma maior desestabilização dos mercados. Há um tempo, essas moedas só podiam ser compradas no mercado negro. Isso, por sua vez, tem impacto nos negócios e nas parcerias internacionais, tornando-as arriscadas, ilegais e difíceis.

Lista de moedas não conversíveis em um mercado NDF

  • ARS Peso argentino
  • BRL Real brasileiro
  • CLP Peso chileno
  • CNY Yuan ou Renminbi
  • COP Peso colombiano
  • EGP Libra egípcia
  • GTQ Quetzal da Guatemala
  • IDR Rupia indonésia
  • INR Rupia indiana
  • KRW Won sul-coreano
  • KZT Tenge cazaque
  • MYR Ringgit malaio
  • PEN Sol peruano
  • PHP Peso filipino
  • TWD Dólar taiwanês
  • UYU Peso uruguaio
  • VEB Bolívar venezuelano
  • VND Dong vietnamita

Leia mais sobre NFD no Wikipedia

O Yuan Chinês é totalmente conversível?

Não há uma resposta de sim ou não óbvia para esta pergunta. Na verdade, existem dois tipos de yuans. Além do conhecido CNY, existe o CNH off-shore. O CNG não é regulamentado e é de fato totalmente conversível. Ou seja, para transações fora da China continental, como em Hong Kong e Cingapura. Se a transação envolver uma parte dentro da China se aplicam as regulamentações estabelecidas pelo banco central chinês e o SAFE, Safe Administration of Foreign Exchange.

O yuan chinês (CNY) não é uma moeda livremente conversível

Portanto, ainda há muitas regulamentações e restrições associadas à movimentação do CNH de off-shore para on-shore na China continental. Devido aos recentes problemas econômicos na China, o Banco Central aumentou as restrições. Isso também significa que transferir dinheiro para a China se tornou mais caro e complicado para bancos e empresas.No momento, espera-se que o Yuan Chinês se torne uma moeda totalmente conversível em 2021.

Conta bancária virtual: uma solução alternativa para quem exporta para a Europa

Quando a sua empresa exporta para a Europa, os contratos e faturas com os seus clientes são normalmente definidos em euros. O euro é livremente conversível, mas durante o processo de pagamento ao seu banco local, é provável que você obtenha uma taxa de câmbio entre 3 e 6% da taxa média de mercado. No final das contas, esses altos custos reduzem as margens do exportador. Com o B2B Pay, você pode obter uma conta bancária virtual gratuita na Europa, que permitirá que seus clientes façam um pagamento SEPA gratuito. O B2B Pay posteriormente encaminhará o dinheiro para sua conta bancária local com uma taxa de 1%. Se o seu banco está cobrando 4% em custos de spread (a diferença entre as taxas de compra e venda), você pode facilmente encontrar um corretor especializado que reduzirá isso em pelo menos 50%.

Inscreva-se no B2B Pay

Mais informações

 

  • Barclays
  • Techstars
  • Nestholma
  • Nordea
  • Tekes
banco virtual

Para soluções personalizadas,
nos envie um email:

Entre em contato

Join the 10 thousand plus businesses already with B2B Pay.

You will be added to a waiting list. We apologize for the inconvenience! We are switching suppliers with the goal of starting onboarding new clients in October.